domingo, 13 de dezembro de 2009

Sem explicação!

Um vida acabada por um impulso... um simples impulso!
E tantas outras vidas agora seguindo sem explicações...
porque ela fez isso? Será que não tinha consciência do resultado?
Será que acreditava num socorro a tempo? Mas não nos deu os sinais suficientes.

E agora ela é só uma lembrança que ainda dói muito nos corações de todos que a amavam e precisavam dela aqui, entre nós!

Não sei o que acontece quando uma pessoa vai embora... só sei que a tristeza para os que ficam é insuportável. E sei, claro, que o tempo, senhor da razão, há de amenizar essa dor!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Insensatez!

Patricinhas (não sei porque têm que ser designadas assim, mas isso não vem ao caso) foram às ruas protestar!
"Sou dona do meu corpo!", "Amo (com um coração no lugar do 'O') bronzeamento. Isso é crime", "Voltamos à Ditadura"... entre outros gritos! Por que? Porque a Anvisa proibiu o bronzeamento artificial em todo país.

E proibiu porque, com base em um estudo da Agência Internacional para Pesquisa do Câncer (vinculada a OMS), há com esse procedimento (meramente) estético, elevação do risco da doença.

Esse grupo de manifestantes, acredito eu, tenha sido formado por donos de clínicas de estética que lucram com tal atividade, certamente!

Penso que se houve essa decisão drástica, a de proibição, é porque se enxerga nisso um risco sim. Insensata essa manifestação. Mas, pensando bem, tão insensata o quanto é a tal proibição, visto que o cigarro é comercializado livremente por aí... e o quanto essa coisinha aumenta mesmo o risco de câncer?

Quem entender, morre!

Eu que não sou besta de fumar ou pegar um "solzinho" artificial... tem tantas outras coisas que me cercam que aumentam esse risco, pelo menos desses dois elementos estou isenta!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

TODOS por um!

Tenho visto essas propagandas políticas indiretas... essas propagandas do governo ou
de partido e não sei se devo me orgulhar ou criar uma grande revolta.

Cada passagem deles, me faz concluir apenas uma coisa... que a nossa terra (a nossa gente)é privilegiada!! Ah, não se assutem! Esse mérito não é do governo ou de qualquer partido. Somos privilegiados por sermos o que somos, ainda diante de tanto abandono, tanto descaso e toda essa corrupção!

Circula por aqui na Bahia, não sei se passa pro Brasil, uma propaganda em que uma senhora fala sobre a felicidade de ter ganhado uma caixa d'agua... e a felicidade que ela tem em beber água toda hora, até sem estar com sede, como ela mesma relata!



allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="425" height="344">


Fico indignada com essas coisas! O Brasil gigantesco como é, ainda hoje apresenta essa realidade! É tão conveniente pra esses bandidos de terno e gravata toda essa pobreza, essa ignorância... essa gente, coitada, que não sabe o que é melhor e pior, que não tem conhecimento pra discernir o bom do ruim, o muito do pouco.

Tem uma ação aqui, outra ali, sim! Mas não passam de paliativos estratégicos porque vem Eleição aí! E ainda brigam pelos méritos... governo, pra mim, política, pra mim, tinha que ser uma coisa integrada! Mas é Estado brigando com o federal pra ver quem é dono da obra x,da obra y... em quantos % o mérito é de um ou é de outro!

Pelo amor de Deus, vamos fazer pelo Brasil! Não existe o UM por todos... aqui somos nós cidadãos (TODOS) por um! Num salve-se quem puder sem fim!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Another day!

Eu não vou ficar aqui fazendo contagem regressiva... no mais que fique registrado que esse dia, é mais um, um outro dia que passa! Já tá acabando.



Tenho fé que essa tristeza é passageira... e que essas páginas que insistem em resistir ao vento, e não viram totalmente, essas importunas páginas, vão virar sim!
Se elas não virarem por si só, eu rasgo!

Quero viver! Não quero riscar dias na folhinha...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Dia perfeito!

Hoje quase foi um dia como todos os outros...
eu acordei atrasada, levei horas pra escolher uma roupa, quando escolhi vi que não dava pra usar... estava manchada! Perdi o ônibus de todo dia...

Quase, quase normal... fiz minha ligação de todas as manhãs, aquela ligação que preciso fazer, não queiram saber porquê, mas eu fiz!

Praticamente normal... cheguei no trabalho e trabalhei muito! Tenho trabalhado muito... período de entregas, tantos detalhes pra ajustar!

E veio a hora do almoço, retorno pra empresa, mais e mais trabalhos, um pedido pra ficar até mais tarde. Mais coisas pra ajustar antes da entrega. Isso é normal também, não muito bom, mas acontece nas melhores "famílias".

Ahhh, pra variar eu não estava me sentindo bem... hehe! Normalíssimo!!!! O corpo continua naquele meu ciclo eterno... períodos altos e baixos... e eis que o período é decadente!

Mas algo de muito especial tinha que acontecer ainda! Saí de cara feia da empresa, peguei um caminho que não costumo fazer no horário em questão... e numa olhadinha sem intenções alguma pro lado, me deparei com um grande amigo! Um amigo aqui em Salvador... Nossa, um encontro inusitado, tão bom, numa segunda-feira sem graça e normal!!! Fiquei muito feliz, emocionada... Dieguito!!! Camaradão... tantas lembranças! Tantas risadas e mancadas!!! Se tivéssemos combinado,o encontro não teria sido tão mágico!

Você que vai ler pode pensar.."que bobagem, encontrar alguém conhecido na rua é no mínimo normal". Mas nesse caso não... esse amigo eu fiz no RJ! E qualquer coisa que me remeta ao Rio agora, me emociona demais! Eu quero continuar a morar aqui, mas eu queria trazer todo mundo pra cá, pra perto, pra junto! Eu tô carente! E doente!

domingo, 1 de novembro de 2009

O olhar que vê!


"Não basta abrir a janela
Para ver os campos e o rio.
Não é bastante não ser cego
Para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há idéias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela."
(Alberto Caeiro)

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Lá vem a Simone!

O sonho que tive essa noite foi uma mistureba nostálgica só!! Sonhei com muitas pessoas que conheço, pessoas do Rio, e que conheci em momentos, lugares diferentes... e de repente estavam todos la!
E foi um sonho grande... tinha o pessoal do 3D, tinha coisas acontecendo como aconteciam na época em que eu trabalhava lá (Juliana se você ler isso, pense que até tivemos uma briguinha no sonho enquanto eu chamava a atenção do Alex, rsrsrs), e também tinha o pessoal da LCM, tinha a galera lá de casa... tinha de tudo!

Engraçado esse sonho, ou curisoso talvez. Eu não entendo do assunto, não sei bem o que significa. Mas talvez seja
apenas uma resposta à saudade toda que eu sinto, do fato de ter falado sobre algumas dessas pessoas no dia anterior,
ou do fato de ter recebido um recado da Vania (minha grande amiga) e isso ter me remetido (como sempre remete) a todo aquele ambiente em que vivia!

E hoje eu aqui, nesse lugar tão novo, e vendo nas ruas os enfeites de Natal começando a sair das caixas (e, fico abismada como cada vez mais cedo isso vem acontecendo), e meu coração apertando porque será o primeiro Natal fora de casa, longe da mami, da família!

No trajeto trabalho-casa (e vice-versa) eu fico pensando no tanto de coisas que aconteceram nesse ano. E quando Simone
começar a perguntar "E o que vc fez??" naquela musiquinha natalina dela que se repete nas "vitrolas" (claro que não mais
nelas, mas nos similares) durante todo o fim de ano, eu vou poder respondê-la que fiz muita coisa!

Entre subidas de ladeiras, encontros e desencontros, axé, forró e cias, entre dendê e água de côco a beira-mar, entre
sotaques e gírias novas, e novos costumes, nova rotina, e novas paisagens, cá estou eu, sobrevivendo...
aprendendo, crescendo, estudando, fazendo... seguindo!

"O que as grandes e puras afeições têm de bom é que, depois da felicidade de as ter sentido, há ainda a felicidade de recordá-las."
(Alexandre Dumas Filho)

Essa frase recebi de um amigo hoje no orkut e eu adorei e é meio que um resumo do sentimento que me acompanha! Recordações!
Muita saudade!!

O atual é bom, se ele acontece é porque vencemos alguma coisa do passado e o passado é importantíssimo porque justifica tudo que a gente tá vivendo agora! E o que a gente vive agora deve ser muito bem conduzido pois consequentemente vai influenciar no tempo futuro! Que cante Simone! Nesse ano tenho boas respostas pra lhe dar!

E eu só desejo de coração que o que venha, venha bem! E "Que seja feliz quem souber o que é o bem!"

E Amém!

sábado, 24 de outubro de 2009

Independente da crença!

E independente de qualquer coisa... eu penso que se todos nós tivéssemos mais amor no coração,
só um pouco mais de amor, a vida toda seria muito melhor.

Nao sei o quanto anormal eu sou. Mas eu não entendo o porquê do comportamento que as pessoas têm em relação às outras.

Vejo as pessoas cada vez mais egoístas, cada vez mais agindo em benefício próprio. Vejo isso no trabalho, no ônibus, na televisão, no barzinho, na igreja... e isso, sem demagogia, muito me entristece. Tem muita coisa nas outras pessoas que me desagrada, isso é absolutamente aceitável. Mas daí criar uma confusão simplesmente porque
discordo de alguma coisa... não faria! Arrumar uma briga por nada... não faria! Revoltar-me com alguém porque ele (por qualquer que seja o motivo) se deu melhor do que eu...não faria também não. Mais fácil me revoltar comigo mesma.

Algumas vezes eu penso que talvez eu não me ame o suficiente, porque eu não consigo pensar só no meu umbigo. Mas honestamente, na maioria das vezes, eu entendo que é assim que tenho que ser. Que não tenho que me achar a mais correta,
a única que importa, a única em que devo pensar. E penso quase sempre em muita gente antes de pensar em mim. E sofro! Porque me vejo sozinha...

Mas enfim, essa semana foi de decepção com algumas pessoas!

Vou deixar uma mensagem que acho linda, e que me remete a muitas coisas...

ORAÇÃO DE S. FRANCISCO DE ASSIS (Oração da Paz)

Senhor: Fazei de mim um instrumento de vossa Paz!
Onde houver Ódio, que eu leve o Amor,
Onde houver Ofensa, que eu leve o Perdão.
Onde houver Discórdia, que eu leve a União.
Onde houver Dúvida, que eu leve a Fé.
Onde houver Erro, que eu leve a Verdade.
Onde houver Desespero, que eu leve a Esperança.
Onde houver Tristeza, que eu leve a Alegria.
Onde houver Trevas, que eu leve a Luz!
Ó Mestre,
fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando, que se recebe.
Perdoando, que se é perdoado e
é morrendo, que se vive para a vida eterna!
Amém


Já faz tempo não me considero católica, mas independente de religião, me considero sim, suficientemente inteligente
pra discernir entre o que faz bem pra gente e o que não faz... bem ao espírito, não ao bolso, ao ego, ou qualquer coisa...
e essa oração, quem souber pratica-la, quem souber fazer dela um objetivo a ser seguido, terá, evidentemente, o espírito
elevado!

Um bj a todos!

domingo, 18 de outubro de 2009

Meu cabelo cresceu!

A ultima vez que estive aqui (que vergonha) foi em agosto! E hoje me dei conta do quanto meu cabelo cresceu de lá pra cá! Eu me lembro de como eu estava no dia em que escrevi o ultimo post. Meu cabelo me irritava... não ficava preso direito...

É! O tempo realmente tá passando! Tem oito meses que estou aqui em Salvador, mas vejo progressos. To no meu ap, toda metida e confortável. Meu alugado, mas enfim, com as chaves! Indo e vindo a hora que quero... Pedrinho todo feliz também!

E por falar em Pedrinho (ou Pedrão)... esse menino tá incrível! Fala cada coisa! Não sei como ele sabe usar as palavras desse jeito... É apaixonante!! E que memória! Sempre lembra dos fatos e pessoas do Rio com tanta clareza nos pensamentos e nos dizeres! Não demora ele faz 5 anos! Meu pequeno bb gigante!

Casa nova, emprego legal, filho lindo, inteligente e levado, amigos novos e queridos,
progresso na pós-graduação... e um cabelo maior!

Obrigada, meu Deus!

domingo, 23 de agosto de 2009

Abandono!

Quase um mês sem postagem! Um abandono de fato...
Ultimamente tenho andado cansada de net. Mas to sempre conectada, só que apenas como observadora. Muitas vezes pesquisando, fazendo trabalhos... geralmente, sem encontrar um assunto que vale a pena exclamar. Cansada! Vendo as coisas sem muita mudança...

Vou deixar um trechinho de uma música que tem estado muito na cabeça nos últimos dias... "O tempo não pára"... de Cazuza!

"Eu vejo o futuro repetir o passado
eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára não
Não pára!"


E a gente vai seguindo nesse ciclo....
Um bj a quem passar por aqui... será que vai passar alguém mesmo?? hehe...

terça-feira, 28 de julho de 2009

A música do Rei!

A música do Rei é simples... não tem nada de muito elaborada, nada que tenha que ser muito analisada pra ser compreendida.
Ela toca no rádio (ou em qualquer outro meio) e toca em seguida no coração. Tenho que admitir!

Pode não acontecer com todos, de certo. Salve as diferenças! Mas comigo,é fato! Também não são todas as canções, tem algumas que não se encaixam na minha rotina ou nas experiências que já tive.

Estava conferindo a lista de letras de música disponíveis na web. Fiquei impressionada com a quantidade de sucessos que eu reconheci só pelo nome.

É! Indiscutivelmente, gostando ou não, Roberto Carlos é sucesso! A prova disso é que mesmo (tirando esse ano de comemorações pelos 50 anos de carreira) fazendo um único especial, aquele de fim de ano, com basicamente o mesmo repertório, e tenho a sensação de que com a mesma roupa, ele tá sempre empolgando seu público e faturando nas vendas!

A coisa do "Quando eu estou aqui..." é a marca de que o ano tá acabando, de que tá na hora de comprar o presente do amigo oculto, pensar na ceia de Natal, e por aí vai!

E navegando pelas letras, eu vi que muitas têm a dizer o que eu queria dizer nos meus momentos. Por isso, é REI!

Tem música pra cantar pra mãe, música pra chorar as mágoas de um amor perdido, ou não correspondido, ou eternizado, amor de tudo quanto é tipo, tem música pra Cristo, pra sorrir, pra dançar, e até música chata pra caramba... enfim, tem de tudo!

Vou deixar um trechinho aqui, de bochechas vermelhas,rsrs...

"Quantas vezes eu pensei voltar
E dizer que o meu amor nada mudou
Mas o meu silêncio foi maior
E na distância morro
Todo dia sem você saber."

A música escolhida foi "A Distância"... representa bem um sentimento meu agora, nesse momento! E olha q eu poderia citar muitas outras!

Mas enfim, essa semana eu to afogando mágoas...aguentem meus amigos!
Grande bj a todos!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Sozinha? Não mesmo!

Ontem postei aqui rapidinho pra agradecer a companhia da fofinha da Taah, que me visita ainda neste blog até por mim abandonado, e que me presenteou com um selo! O primeiro que recebi!!

Essa coisa de não estar sozinha... eu sei que não estou! Não me refiro agora só ao blog. Mas eu tenho uma mania dramática de pensar que sou muito solitária. Na verdade, eu me isolo muito, isso sim!

Conheço um mundo de gente! Mundo mesmo! Aqui em Salvador nem tanto porque sou relativamente nova na área, apesar de já estar me popularizando. Mas no fundo, eu vivo retraída com meus "problemas", vivo pensativa demais, falo com os outros, dou até conselhos quando cabe, rio, brinco, me distraio. Mas se o assunto sou eu, então me fecho!

E depois venho com essa história de que me sinto sozinha. Isso é uma injustiça. Até porque, ainda que não tivesse tão rodeada de pessoas, Deus está comigo! Apesar de toda minha braveza, ele está. Sei que está! Eu resmungo muito, comigo mesma, a respeito da minha vida... hj na volta pra casa então, como resmunguei. Meu cérebro deve ter muita raiva de mim... Apesar de que, hoje só não resmungou quem é mudo, e ainda assim deve ter articulado alguma coisa! A volta pra casa dos moradores (ou melhor, dos muitooooooos moradores) de Salvador não foi nada fácil. Sinceramente, até agora, em meio a boatos, não sei o que de fato houve. Mas, especialmente, o trânsito estava um caos e pegar um simples ônibus tentando voltar pra casa, foi uma aventura!

Uma aventura caótica por si só que poderia ter sido bastante infeliz! Mas eu não estava sozinha! Graças a Deus! Por muito pouco, eu sei, não fui assaltada... Um rapaz muito estranho se sentou ao meu lado de uma maneira mais estranha ainda depois de ter me visto segurando o celular. Não tenho costume disso... pegar telefone no coletivo... Mas já tinha tanto tempo que eu estava parada na rua esperando um ônibus que fui, inocentemente, conferir a hora.

Eu fiquei apavorada, por dentro, quando ele empurrou todo mundo e sentou do meu lado!
Mas o ônibus lotou de uma certa forma que seria impossível ele tentar alguma coisa...
E não bastasse todo aperto, duas pessoas (ou anjos) muito especiais pararam de frente ao banco onde eu estava. Uma menina linda e sua mãe! A menina, Ingrid é seu nome, tem 9 anos... é muito falante e engraçada. Chegou com tanta graça, tanto riso... logo,logo animou as caras feias ao seu redor. Isso foi a salvação providenciada por Deus, certamente! Porque eu estava pedindo a Ele o tempo todo que tirasse aquele rapaz do meu lado e que ele não levasse nada meu... E conversa vai,conversa vem, as más intenções dele caíram por terra. A menina espivitada empurrava tanto o rapaz, na intenção de que ele cedesse o lugar, que não teve jeito!
Demourou, coisa de 40 minutos, num engarrafamento total, mas ele levantou e pediu que a senhora se sentasse com a menina! E dava pra ver na cara dele o desapontamento.

Que alívio, meu Deus! Depois disso,conversei bastante com as duas... Ingrid faz aniversário amanhã... me deram telefone, vou ate ligar pra ela, rsrs! Muito linda mesmo, carinhosa... Enfim, foi um encontro divino esse! Sei que elas não pararam logo ali em frente a mim por um acaso!

E por não estar sozinha, eu posto aqui... em agradecimento ao grande amigo que vira e mexe me prova que eu deveria resmungar menos da vida. Obrigada, meu Deus!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Presente!

Essa gracinha aqui, me deu um presente muito fofo hoje! Meu primeiro selo que está enfeitando a página aí ao lado!

Taah

Fiquei muito feliz pelo carinho! Essa é a prova de que não estamos sós!
Quando menos se espera vem alguém e diz que tá junto!

Obrigada, querida!!!!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Amiga!

Ontem, tentei postar e não consegui... acho q meu blog esqueceu de mim!



Um presente da vida pra mim é essa amiga! É esse abraço que me acolhe de uma maneira tão especial... poucas coisas são certas nessa vida! Nossa amizade é! Obrigada, Vania!

domingo, 5 de julho de 2009

Seguindo o curso natural!

Acho que todos que um dia se prestam a construir um blog chegam a um ponto de não
saber o que dizer num determinado momento.

Começamos com todo pique... e o tempo vai esfriando as inspirações!

Fico pensando no que escrever e sempre acabo com a sensação de que pode nao ser interessante
para alguem ler sobre tal coisa.

Ia falar sobre Michael, por exemplo, mas tanta coisa já se falou a respeito. O coitado nem ta
tendo chance de descansar em paz... tantas especulações!! Indiscutivelmente, bom no que fazia
mas que se auto destruiu de uma forma deprimente!

Ia falar sobre a podridão do governo, mas a palavra governo já é pra mim, há tanto tempo,
sinônimo de podridão. Que graça teria repetir essa história?

Ia falar da rotina, que algumas vezes já descrevi aqui. Mas não há novidades pra compartilhar
com vocês. Tenho trabalhado muito, estudado bastante e me estressado o tanto quanto com o
trânsito de Salvador, que me cansa bem mais que as duas tarefas citadas anteriormente. Alguém
precisa solucionar isso aqui.

Pensei em falar até sobre o retorno do Information Society... uma banda que curti muito num
passado não muito distante! Foi deles o primeiro show que assisti! Não esqueço, lá no Maracanazinho!
Mas também não tinha muita coisa pra falar sobre... sei que eles estão de volta, tem album novo,
mas ainda não ouvi nada e vêm ao Brasil. Pena que só no sudeste! Se não iria com certeza!

Enfim, to sem saber sobre o que falar!

Pra encerrar eu deixo esse clipe, que tem meu Rio, que tem Salvador e que tem Michael,hehe!
Pena não consegui incorporar o vídeo aqui, mas segue o link...Boa semana a todos!


http://www.youtube.com/watch?v=gCqQ2JcQWGs

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Um xodó prá mim!

Não sei se é o cheiro, ou se é gosto, ou se é o ritmo... ou se são as cores, ou se são as roupas, ou se é esse povo...
Só sei que o São João da Bahia me conquistou! “Inté” forró eu arrisquei!

A cidade ta graciosa, Pelourinho ta lindo... e o interior fervendo!

Acho que essa festa é mais querida pelos nordestinos que o próprio Carnaval tão famoso! Porque é uma festa amena, bem família... as crianças curtem, os jovens adoram, os mais velhos também!

E tem festa pra todo lado!

Mais que axé, a Bahia é forró! E o forró, forró de verdade mesmo, aquele de Gonzagão, Dominguinhos e companhia... é muito bom, minha gente!

Meus amigos, não estranhem eu falar assim... minha natureza pop-rock predomina certamente, mas que o arrasta-pé faz bem de vez em quando, isso faz!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Em menos tempo, mas aqui!

Por um motivo muito, muito bom (estou trabalhando), tenho tido menos tempo para estar sintonizada ao blog. Mas pretendo não abandonar esse espaço que conquistei! Adoro estar aqui e enquanto puder não dispenso!

À galera que tem visitado, um agradecimento carinhoso. Fico feliz com a resposta de vocês. Vou pouco aos fóruns das comunidades de blogueiros pedir que "comentem no blog acima". Vou o suficiente pra divulgar que tem postagem nova, mas não fico disparando posts por lá. Primeiro porque agora tenho poucas horas vagas pra isso e também, e principalmente também, porque acabamos recebendo comentários sem conteúdo, do tipo... "Legal! Fui!"... E a minha intenção aqui não é colecionar comentários! Não quero que dezenas cliquem no meu blog e saiam sem ao menos ler... Quero nesse espaço exclamar sobre o que penso, sinto, vejo e, claro, receber opiniões, elogios e críticas que me ajudem na construção e no crescimento!

Além dos comentários automáticos, esse tipo de prática ainda nos dá o risco de levar calotes, o que é bem triste!

Quanto as minhas participações nos blogs que visito, procuro sempre ler com atenção a postagem. E nem sempre me prendo à mais recente! Tento ver o blog de maneira geral.
Mas, sinceramente, a gente esbarra com algumas coisas bizarras pela blogsfera!!! Ainda assim, serei sempre educada nos meus comentários. Uma vez apenas fui mais rude, porque a postagem era de dar dó! Uma beldade dava detalhes do que fazia quando seu dia era péssimo e dava tudo errado... ela saía humilhando os outros!! Achei tão podre e como tinha que comentar, não podia dar um calote, apenas disse que seria melhor ela aproveitar esse dia e ir ler um livro... Certamente ela não gostou e veio ao meu blog deixar suas ofensas! Por conta disso, passei a moderar meus comentários!

Mas enfim, estar aqui e escrever aqui é um reencontro comigo mesma. Escrever é como um refúgio pra mim, gosto muito! E sempre que der venho deixar minhas exclamações registradas!

Beijos a todos!

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Cada um com suas nádegas!

Pra não falar bunda já no título.

Dizem que gosto é igual bunda! E que gosto é gosto, não se discute! Eu, contudo, só tenho a agradecer a Deus por ter me projetado com um bumbum bonitinho.

Mas essa questão é complexa né? O que determina ter ou não bom gosto? Onde tá a lista para comparação? O que pra mim é feio, ruim, insuportável, intolerante, para outros é qualquer coisa que agrada.

Agora, quem será que vai comprar um CD do Maguila? Fico me perguntando... Sim, porque andei lendo por aí nesses sites de notícias que ele vai fazer isso mesmo! Mas tem tantas outras coisas, que considero o fim, ganhando cada vez mais audiência, que já nem duvido que o faça. E também não duvido que este senhor, que mal consigo ouvir discursar, fature sua 'baba' como cantor!! Ai ai, cantor!

Fico por aqui, então, com meu traseiro jeitosinho!

terça-feira, 2 de junho de 2009

Instante!


Num instante você cai
não demora você se ergue...
Num momento você vai
e quando se vê está de volta...
Você sobe
e noutra hora desce...
Você constrói
e já já destrói...
Você liga
e logo mais desliga...
E abre
depois fecha...

Agora você tá vivo
e num piscar de olhos, morto!

sábado, 30 de maio de 2009

Flores!

E tem como passar sem falar delas?
Tem um monte de problemas na vida sim! Um monte de coisas erradas! Mas tem coisas boas diversas por aí, que não podemos ignorar!

As pessoas, por exemplo, que encontro no meu caminho, em geral, são pessoas especiais. Eu tenho sorte nesse sentido, porque existem muitos picaretas espalhados mundo afora, mas me considero cercada de gente boa! Pessoas inteligentes, quer porque estudaram muito, quer porque já viveram muito, quer porque já nasceram assim, vêm com suas sabedorias fazer parte da minha história e contribuem fortemente com meu crescimento!

A história do “diga-me com quem andas e direi quem és”, a mim, não preocupa então.

É claro que às vezes esperamos mais das pessoas do que elas realmente podem! Mas eu encaro isso numa boa. Não sou de rancores! O importante e válido pra mim é conseguir aproveitar o que de melhor essas pessoas podem me oferecer! E ofereço também o meu melhor pra elas! Tenho conhecido figuras bem ilustres, verdadeiros artistas,
não famosos, mas, enfim, pessoas que têm o que falar, e o que compartilhar comigo. E estamos sempre interagindo e trocando coisas boas!

Procuro com o meu jeito predominantemente manso, claro que tem horas em que não estou pra sorrisos, tratar bem cada um e sem preconceitos, respeitar, acima de tudo. E também se não gosto de algo, deixo claro! Só não gosto que me façam de boba, mas quando quero, simulo ser, porque de vez em quando isso é necessário na convivência!

Essas criaturas são o que hoje defino como FLORES, quem sabe um caso à parte de amizade. E todos cabem no lado esquerdo do peito! Estão espalhadas por aí, em diferentes jardins. Com suas diferentes cores, seus especiais perfumes, revestidos ou não de espinhos... vão decorando minha vida! Podem ser meus vizinhos, minha parentada, são os alunos queridos, a galera que já trabalhou comigo, um monte de gente com quem já estudei e estudo, os virtureais amigos de Orkut, enfim... são tantas! E me faz muito bem poder cultivá-las!

E pra quem ama a Primavera nada melhor que viver enfeitada de flores!

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Sistema da infelicidade!



Nesse mundo capitalista, vivemos uma realidade em que o Consumo é o BEM maior! È á única verdadeira preocupação do governo. Educação, Cultura, Saúde... são apenas palavras bonitinhas pra campanhas e propagandas enganosas!

Ou você consome, e consome em larga escala, ou não tem lugar aqui!

Seu cabelo não presta, ainda que você tenha gasto horrores para melhorar a aparência dele, vão lançar alguma coisa na próxima semana que será a única saída pra ele... vá comprar... e depois se dará conta de que era mentira... a salvação virá no proximo lançamento... hehe!

Os eletrodomesticos que você tem em casa não foram feitos pra ir pro conserto. Cuide bem deles, na primeira encrenca que surgir, você vai ter que adquirir outro, oras essa! Um conserto de fato será mais caro, amigo!

Roupas, Sapatos, Eletrônicos, Comidas Prontas, Jóias, Aparelhos de celular, MP3, MP4, Câmeras Digitais, Bolsas.... enfim... TUDO que você PRECISA você pode comprar, e com grandes facilidades, a perder de vista até!!!

Não se iluda, amigo consumidor! Esse sistema só existe porque há quem banque! E somos nós quem bancamos! E assim como um dia o sistema que não existia ganhou força e vingou...um dia, poderá acabar! E só quem tem o poder pra isso somos NÓS!

O vídeo a seguir é uma explicação de como esse sistema verdadeiramente funciona! Acho que vale a pena prestar atenção!



Você pode até achar chato... mas eu tenho um grande defeito de não pensar só em mim!
E não é papinho de aspirante à comunista não... é só uma idéia que me vem à cabeça vendo tanto lixo, tanta coisa que nem sabemos que fim leva e ver o espaço acabando! É só isso!

sábado, 23 de maio de 2009

Ele veio!



Tem horas em que parece que tudo está às escuras! Não conseguimos ver as coisas acontecendo na vida da gente, então dizemos que tá tudo parado! Ou pior! Às vezes, nos sentimos verdadeiros azarados por ver um monte de coisas consideradas ruins nos acontecendo!

Mas não é que tem que acontecer de tudo mesmo? Até o não acontecer, que seria o acontecer nada, é necessário!
Uma hora a coisa desanda... e a maré muda!

Essa semana foi de mais dilúvos em Salvador... então não dá pra passear muito, pra curtir o visual da cidade. Em volta, muita gente sofrendo. Mas há sofrimento de igual forma quando o sol ta tinindo. Então, não vamos culpar o tempo! O tempo não é humano, porquanto é perfeito!

Não fiquei com medo das nuvens carregadas e saí! E duas grandes oportunidades apareceram na minha vida. Como os amigos sabem, sou nova por aqui. Digo, aqui Salvador. Estava sem trabalho fixo. Digo, estava mesmo! Consegui uma oportunidade e outra ainda melhor parece que vão deixar comigo também, tá pra ser confirmado.
Grande alívio!

O lance das tempestades e das bonanças parece que é verdadeiro mesmo! Mas é claro que é! A vida é assim, altos e baixos, grande e pequeno, sorte e azar, medo e confiança, fraqueza e fé! A boa nova nem veio só pra mim, mais duas pessoas muito queridas conseguiram também empregos esses dias! Parabéns, Ivan e Fabrícia! Fico igualmente feliz por vocês! E quantas outras devem também estar sorrindo agora! E há quem chore!

Mas, enfim, quem veio? Você deve perguntar... afinal o título anuncia. Oras, o sol! De repente você não está percebendo o seu calor na pele, mas ele veio, ele sempre vem. Mesmo que as nuvens o ofusquem, ele vem! E só por isso que ainda existimos!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Penso!



De onde ela vem?!
De que matéria bruta
Vem essa luz que sobre as nebulosas
Cai de incógnitas criptas misteriosas
Como as estalactites duma gruta?!
Vem da psicogenética e alta luta
Do feixe de moléculas nervosas,
Que, em desintegrações maravilhosas,
Delibera, e depois, quer e executa!
Vem do encéfalo absconso que a constringe,

Chega em seguida às cordas do laringe,
Tísica, tênue, mínima, raquítica ...
Quebra a força centrípeta que a amarra,

Mas, de repente, e quase morta, esbarra
No mulambo da língua paralítica.
(Augusto dos Anjos)

Mas só pensar não me faz existir!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Alagados!

Alagou tudo! A culpa pra mim é do homem.

Do homem, que só pensa em poder e encher o bolso, e os bolsos de seus próximos, sem sequer compreender a função que deve exercer na sociedade. E isso inclui viajar bastante de avião, hein! Sim, o homem político.

Do homem, que nasce numa família sem recursos, acostuma-se com a falta deles, resiste em ir pra escola, enfrentar com sufoco as dificuldades, que certamente aparecerão, pra chegar a um lugar melhor, pra ter condições de diferenciar o bom do ruim. Sim, o pobre coitado cidadão.

Do homem, que embora nascido em berços privilegiados, prefere pensar só no próprio umbigo e nega-se a ajudar aqueles que precisam, considerando que essa ajuda pode ser de várias formas. Sim, o rico coitado cidadão.

Do homem, que prefere jogar lixo na rua a usar uma lixeira, a entender o processo pelo qual essa coisa que ele chama de lixo tem que passar até se decompor e prejudicar menos a natureza. Sim, o cidadão inconsciente.

Do homem, que freneticamente vive o capitalismo selvagem, e consome sem controles, constrói, aterra, desmata, seja na ordem em que for, ignorando que recursos acabam! Até os naturais! Sim, maldito cidadão do capital.

Ahh, é do homem, que cumprindo com dor seu desprezado dever, vai às urnas teclar números decorados (ou não) sem compreender o que fará o próximo cidadão político com a grana da sociedade que ele vai representar. Sim, o infeliz cidadão eleitor!

Ninguém entra e ninguém sai... Todo mundo tem sua parcela de culpa! Já nasceu assim, provavelmente, a menos que você prove não fazer, ou nunca ter feito, parte desse esquema. Esse ciclo vicioso que destrói a todos nós, homens!



A música é de 1986, mais atual impossível!

P.S. Pra quem não entende o que é falado no refrão dessa música leia esse post...
http://www.interney.net/blogs/virunduns/?cat=763
Muito engraçado e curioso!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Amizade!



Sou uma pessoa de poucos amigos. E posso, sem medo de errar, dizer que você também é. Porque amigo, digo AMIGO, não é coisa que você deva ter muito.
Você pode ter muitas roupas, muitos sapatos, gostar de muitas músicas, colecionar cacarecos. Mas amigo você vai ter um, dois... vai ter o que dê pra contar nos dedos.
Pra sair contigo você vai encontrar uma galera, pra rir das suas piadas também. Vai ter um monte de gente que vai falar com você nas horas difíceis, vai sim... e isso não é porque são seus AMIGOS. Talvez te conheçam, muitos virão falar sem saber teu nome, podem ter admiração por você, podem até maldosamente vir conferir uma derrota sua.
Seus amigos não precisam falar nada, você não precisa contar nada a eles. Eles sentem! Se você parar pra pensar são poucas as pessoas que têm essa sensibilidade contigo, não é mesmo? Oras, eu te disse! Feche a mão, vai levantando seus dedos, e conte seus amigos! Sobrou dedo? Que bom. Você é como eu!


quarta-feira, 13 de maio de 2009

Pressa!




Segundos, minutos, horas...
Dias, meses, anos...
O tempo passa tão depressa.
Tudo voa em vendaval constante.
Tempestades de sentimentos,
Tormenta de emoções.
Umas boas outras ruins.
E a vida vai seguindo,
Tomando forma, por vezes disforme,
Acompanhando,ou tentando,
Essa correria exacerbada,desmedida.
O homem se esquece de tanta coisa.
esquece de si próprio, sua essência
Homem!
Com o amor da humanidade nas entranhas, nas veias...
Na alma!
Age como um robô, frio, distante...
Fábrica de fazer dinheiro.
No redemoinho, no ir e vir sempre apressado.
Coelho Maluco de um País Maravilhoso.
Mas os países também seguem seus rumos apressados.
Tudo é tão incerto e a morte é certa.
E a certeza, na pressa, deixa que o belo da vida passe em vão.

by Vinícius Ulrich
(para a amiga Patrícia)

Que lindo presente, amigo querido! Poeta no corpo e na alma! Um grande e especial bj para você!

Rotina!

Acorda
abre os olhos
pensa
levanta
reclama
se banha
come agora
bebe depois
e respira
e lê
e vê
trabalha
anda
senta
volta
guarda. Pega
devolve
ri
também chora
limpa
gosta
cospe
e corre, apaga
e dorme
e vai...
Acorda,
abra os olhos!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Crescimento!





"Crescer significa mudar e mudar envolve riscos, uma passagem do conhecido para o desconhecido."
(Desconheço o autor)

domingo, 10 de maio de 2009

Porto Seguro!



Não... eu não vou falar sobre mais uma cidade baiana. E nem sobre mais uma visita... O porto seguro a que me refiro hoje é um lugar muito mais acolhedor e bonito!
O colo da minha mãe! Comparável somente ao colo da tua, porque todas as mães devem ter o mesmo aconchego, a mesma fragrância, a mesma beleza!
Tem horas na vida em que não importa quem esteja ao teu lado, a presença mais querida é a dela. E quando ela não está, ainda que não esteja temporariamente, ainda que só alguns quilômetros nos separem, sem dúvida, nos sentimos mais fracos!
O feijão da mãe é mais consistente, o afago dela parece que aspira pra si nossos problemas, nos deixa mais mansos só de chegar perto... ainda que seja o perto que uma ligação telefônica nos permita!
O grande porto seguro nosso é nossa mãe!

sábado, 9 de maio de 2009

Clamor ao Sol!



Chove chuva, sem parar em São Salvador! Como dizem por aqui já choveu 'mais de meio mundo, sô'...
Cantemos:














E que São Pedro, guarde a chuva!!!!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Lições!

O interessante de viver, acho que é prestar atenção nas coisas ao redor. Nas pessoas, nos lugares e tentar tirar de cada acontecimento, ou cada visão, a lição do dia!

Aqui em Salvador, não sei se por conta de ainda não estar trabalhando, tenho tido mais tempo pra isso. Porque geralmente nos preocupamos tanto com a rotina que parecemos ficar desligados pra certos sinais que a vida nos manda.

Hoje teve mais um passeio... Mais uma visita. Fui ao Forte de São Marcelo. Tirando a entrada que achei muito cara, foi bom ter estado lá. Aprendi mais um pouco sobre minha nova terra, avistei Salvador por mais um ângulo... bela vista! E vou me apaixonando assim, por essa gente, essa baía de todos os santos, que tem uma história fascinante, porque é a nossa história, é a nossa origem!

E aquilo das pessoas agradáveis continua valendo! E o cheiro!! Apesar de sentir o centro histórico meio poluído, muita sujeira na rua... Salvador, ainda assim, não fede! O Mar limpinhooo, as águas transparentes... só a maresia no ar!!

Numa das salas em que visitamos, no Museu lá do Forte, um poema de Fernando Pessoa... hummmm, meu amigo! rsrsrs...

"Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu."


Aí, o trecho de Mar Português! O guia pediu que alguém lesse, eu levantei a mão! E lendo, vi nele a minha lição de hoje!

Toda a beleza e história e paisagem de Salvador é um encanto, mas estar aqui, pra mim, ainda não é fácil! É estar longe das pessoas que amo, dos amigos queridos, da família, do lugar em que nasci, fui criada! Foi um corte no cordão umbilical! Mas estou aqui! E estou enfrentando um mar que mais parece o Bojador!! Ora, as águas estão mansas, eu sei! Mas dentro de mim, talvez não! Só que eu vou enfrentar... esse meu medo!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Momentos!


Não sabia do que ia falar hoje... foi um dia triste pra mim. Na maioria das vezes acho que consigo ficar bem por aqui, já tenho conseguido. Mas há dias em que bate um tristeza gigante!!!!
Essa tristeza tem momentos de raiva também, uma verdadeira mistura de sentimentos!

Cheguei em casa tinha esse recado pra mim de uma amiga, que não está aqui perto, mas parece estar em sintonia comigo pelas palavras, que nem sei se saíram dela, não tinha autor...

Mas são essas as palavras:

Franqueza é uma qualidade,
mas isso não desculpa a falta de
cuidado ao falar. É preciso ter
em mente a maneira como a
outra pessoa vai receber o que
dizemos. A ira provoca a ira,
a violência provoca a violência,
a doçura acalma os corações
e os torna ternos.
Nós temos o poder e a
capacidade para administrar
as relações que nos envolvem,
o olhar das pessoas sobre as
situações do mundo ou fatos
dificilmente aceitáveis. Se
realmente for inevitável a nossa
missão de distribuir espinhos
ou bebidas amargas, que o
façamos da maneira mais
doce possível, porque dura
já é a vida em certas ocasiões.
Eu sei bem que somos apenas
uma pequena gota nesse
oceano da vida e transformar
nossa maneira de ser e viver
não vai mudar o mundo, mas
essa transformação pode ter
um impacto muito positivo
sobre o nosso mundo pessoal.


E tiveram sentido hoje pra mim, que no ímpeto da minha fraqueza, destribui espinhos!

domingo, 26 de abril de 2009

Descobertas!




Há mais de 500 anos o Brasil foi "descoberto". Dia desses estive no Museu Nautico da Bahia, aqui em Salvador prestigiando um pouco dessa, no mínimo instigante, História.

Local de chegada dos primeiros portugueses ao Brasil no ano de 1500, a região que viria a ser o estado da Bahia começou a ser povoada na primeira metade do século XVI.
Várias explorações ocorreram, a partir daí, chegando lentamente portugueses com interesses nas novas terras.



No século XVII, o porto de Salvador era um dos mais movimentados e importantes do continente. No fim desse século, ocorreu o trágico naufrágio do Galeão Santíssimo Sacramento,
num banco de areia frente à foz do rio Vermelho. La no Museu pode-se ver diversos fragmentos encontrados nesse naufrágio, réplica de um astrolábio, uma maquete, dedais, um pedaço de garfo, algumas botijas, crucifixos, sondas e selos de chumbo,
pedaços soltos do madeirame do barco...



Ainda é possível estudar a própria história dessa fortaleza e suas transformações.

Tem informações também sobre a escravidão, inicialmente dos índios e sobre o tráfico negreiro, e as questões de miscigenação. Há recortes de jornal da época que ralatam relações como aluguéis de escravo, compra... venda! E daí se deu minha grande descoberta do dia, considerando que "tia Teteca" muito repetiu essa história na escola.



Não sei se conseguirão ler o tal recorte, mas diz assim: "Dá-se comida e paga-se mensalmente 10$rs. à um escravo para cuidado da casa; quem quiser alugar entenda-se com o sr.Gaudêncio no Corpo Santo, que dirá o pretendente."

Que coisa hein, um tatatatatata(...)ravô meu negociando aluguéis de escravos! Triste descoberta!

Mas o passeio continuou e a chegada no terraço faz qualquer tristeza ser abafada. A paisagem é linda, de onde se vê um pôr-do-sol exuberante, chega-se pertinho do famoso Farol e ainda se observa um canhão original do Galeão Sacramento.



Mesmo quem nunca veio à Bahia, conhece esse que é um dos maiores ícones de Salvador, fonte de inspiração para muitos artistas e poetas. E chegando perto entende-se porque tanta inspiração. Acho que visitar lugares bonitos assim, seja quantas vezes for, é descobrir o Brasil mais um pouquinho.



Sem dúvida um passeio de muitas descobertas quer merece ser registrado!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Força!



video

Busca!



Ja não sei se é um ponto positivo pra mim ou se é um grande defeito.
Mas eu to em busca.... e me parece que essa busca não acaba!
Quero algo que ainda não tenho em mãos! Quero crescer mais, quero voar pra longe...
Às vezes pareço realizada, mas logo a constância de alguma coisa me cansa, e lá vou eu pensando mais...
Sempre me culpo por isso, deveria ser mais branda, mais humilde! Mas não vejo como lutar contra mim!

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Fiz!


É preciso ter coragem pra
dizer sim
falar baixo
ceder a vez
e ainda falar outra vez

ter coragem pra ser
coragem pra fazer
mas que haja coragem pra refletir

com coragem se pode o longe
se pode o muito
e coragem! que pode cair

mas toma coragem pra levantar
coragem pra enxergar
e se for preciso insistir

terça-feira, 21 de abril de 2009

Inconfidência! E mais um 21 de abril!

Romanceiro da Inconfidência
Da bandeira de Minas

Cecília Meireles


(...)
Atrás de portas fechadas, a luz de velas acesas
brilham fardas e casacas junto com batinas pretas.
E há finas mãos pensativas entre galões, sedas, rendas.
E há grossas mãos vigorosas de unhas fortes, duras veias.
E há mãos de púlpitos e altares, de evangelhos, cruzes, bençãos.

Uns são reinóis, uns mazongos, mas pensam de mil maneiras.
Citam Vírgilio e Horácio, refletem e argumentam,
falam de minas e impostos, de lavras e fazendas,
de ministros e rainhas e das colônias inglesas.

Atrás de portas fechadas, a luz de velas acesas
Entre sigilo e espionagem acontece a inconfidência.
E diz o vigário ao poeta:
escreva-me aquela letra, o versinho de Vírgilio,
E dá-lhe o papel e a pena.
E diz ao poeta ao vigário com dramática prudência:
tenha meus dedos cortados antes que tais versos escrevam!

Liberdade ainda que tarde, ouve-se ao redor da mesa.
E a bandeira já está viva e sobe na noite imensa.

Atrás de portas fechadas, a luz de velas acesas
Uns sugerem, uns recusam, uns ouvem, uns aconselham.
Se a derrama for lançada, há levante com certeza.

Oh! Vitórias, festas, flores das lutas da independência.
E a vizinhança não dorme, murmura, imagina, inventa.
Não fica a bandeira escrita, mas fica escrita a sentença.


segunda-feira, 20 de abril de 2009

Meu Pedro!



Mais um post hoje! Só pq amo muito meu filho e ele tá cada vez mais esperto, mais inteligente, nos surpreendendo com o que fala, faz, canta, dançaaaa....


Outras Impressões!


O blog em questão não é um especial sobre a Bahia. Entretanto, essa é minha casa nova e sendo nova por aqui, tô no fase de colher impressões. Comum.

Ontem falei sobre o melhor que a Bahia tem, esse povo! Mas talvez por essa generosidade toda do povo, uma explosão demográfica desmedida aconteceu por aqui. Salvador é um formigueiro! Nunca vi tanta gente!

Onde quer que você passe vai esbarrar com muitas pessoas. E um shopping num dia que antecede um feriado, com cinema a R$4,00, é então, intransitável.

Dona Memi me falou que o cinema às segundas estava a esse BOM PREÇO... a tolinha aqui, crente que tava sendo esperta se desbancou pro Iguatemi. Foi entrar por uma porta e quase não conseguir sair por outra. A quantidade de jovens era incalculável, pagantes de "meia". Não consegui nem mesmo visualizar a Praça de Alimentação. Fomos para o Shopping Salvador... "deve tá vazio".. hehe, doce ilusão! Mas lá ficamos! Esse Shopping é lindo, tem tudo que se precisa, moderno e muita gente bonita! Sim, eu disse MUITA GENTE!


A volta pra casa foi encarando engarrafamento, de certo. Tanta gente = tantos carros! O transporte coletivo (busão mesmo) lotado!!!! E por falar em trânsito, aqui vai minha primeira impressão negativa. O trânsito de Salvador é triste! Os motoristas não respeitam muito os pedestres, sejam os motoristas de ônibus, sejam os de carros particulares. São os donos da rua e eu ainda não avistei um guardinha por aqui!

Mas, tudo bem, seguindo as formiguinhas...

domingo, 19 de abril de 2009

As pessoas!


Se tem uma coisa que me fascina é observar as pessoas, analisar... ir conhecendo pra depois ir me aproximando.
E se tem algo que já posso concluir nessa minha "aventura" em Salvador, é que as pessoas aqui são o grande bem dessa terra.
Até então, só conhecia bem um baiano, gente boa ele, achava que fosse uma caracteristica particular dele, apesar de conhecer seus irmãos também, talvez uma caracaterística particular da família, quem sabe?

Mas o povo baiano é em geral como esses poucos baianos com os quais já convivo há mais de dez anos. Povo "sangue bom", diriam meus conterrâneos! É gente de sorriso gratuito, de boa vontade na veia, que sem te conhecer larga logo uma graça, conta logo uma história... parece que já é seu amigo. E deve ser mesmo!

To dizendo por aqui que se vc estiver em SP e pedir uma informação muito provavelmente vão te indicar o local errado. Se estiver no Rio, muito provavelmente vão ficar com medo de te dá a informação, mas estando na Bahia, muito provavelmente vão tentar te explicar em detalhes onde é o tal lugar e não contente em te ajudar pouco, vão dizer o seguinte: 'olhe, não to com pressa não, vem comigo que te deixo lá...'

Que me desculpem os paulistas, os cariocas, essa é a fama que rola por aí, mas sei que tem muita gente boa nesses lugares também! Mas isso aqui é gritante!
Salve, salve esse povo baiano!

sábado, 18 de abril de 2009

De novo!

De volta ao mundo dos Blogs...
Um espaço novo pra uma vida nova... tudo novo, como diria pp!!!

Comecemos entao...

Tudo Novo de Novo
Paulinho Moska
Composição: Moska




E essa música me parece perfeita para traduzir esse meu momento!!!
Acompanhem-me, amigos! Quero vcs comgo!
Agora!